Por Ana Guerra | 26/11/2020
Tags:

OSPA LIVE APRESENTA BACH COM ORQUESTRA DE CÂMARA E REGENTE AO ÓRGÃO

A Orquestra de Câmara da OSPA imerge nas tradições do período barroco em uma apresentação especial, com um regente ao órgão. Neste sábado (28), às 17h, Diego Schuck Biasibetti conduz os músicos pelos meandros da música do século XVII e XVIII com regência instrumental em um baixo contínuo – a partir de uma estrutura ininterrupta das obras –, revisitando os principais compositores da época.


Na 31ª edição do OSPA Live, o grupo interpreta a Abertura da Suíte Orquestral nº 3 BWV 1068, de Johann Sebastian Bach (1685-1750), Concerto Grosso Op. 6 nº 8, de Arcangelo Corelli (1653-1713), e Armonico Tributo: Sonata nº 5, de Georg Muffat (1653-1704). O espetáculo é transmitido ao vivo, pelo canal do YouTube da Orquestra e pela plataforma #CulturaemCasa, diretamente da Casa da OSPA. A Direção Artística é de Evandro Matté.

Sobre o Repertório


Suíte Orquestral nº 3 BWV 1068 é uma das mais imponentes peças deste estilo produzidas na história da música de concerto. De origem francesa, a obra é composta de movimentos de dança, precedidos por uma abertura especialmente exuberante, densa e enérgica, que será executada neste concerto.


Considerada um dos modelos estéticos do barroco, Concerto Grosso Op. 6 nº 8 expressa, em sua essência, concepções de grandiosidade e intimismo, tendo como base a Sonata a tre seiscentista. A peça corelliana serviu, em estilo, de arquétipo para as demais escolas europeias, que a recombinaram e a repeliram – sendo antítese aos concerto para solista de Veneza e até mesmo para as suítes e aberturas francesas.


As cinco sonatas que compõem Armonico Tributo foram os primeiros trabalhos de Muffat publicados. Na história da música, o compositor ocupa um lugar privilegiado por ser o primeiro a conciliar, num único estilo, os modelos nacionais alemão, italiano e francês. Seu trabalho se propôs a reunir a elegância veneziana à sofisticação francesa, reunidas no repertório alemão.


Sobre o OSPA Live


Projeto online da Orquestra, O OSPA Live busca conciliar isolamento social com cultura durante a pandemia do novo coronavírus. Aos sábados, às 17h, músicos da orquestra e/ou convidados realizam apresentações, em grupos reduzidos, diretamente da Sala Sinfônica, na Casa da OSPA. As exibições são transmitidas ao vivo, através do canal do YouTube da Orquestra e pela plataforma #CulturaEmCasa, sem a presença física do público. Com direção artística de Evandro Matté, os eventos seguem criteriosamente todas as medidas de prevenção contra a Covid-19 adotadas pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Sobre a OSPA


A OSPA é uma das fundações vinculadas à Secretaria de Estado da Cultura (Sedac). Os concertos da Temporada 2020 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, por Banrisul, Alibem e Fraport Brasil. Os apoiadores da Temporada Artística são Sulgás e Sheraton Porto Alegre Hotel. A realização é da Fundação OSPA e Fundação Cultural Pablo Komlós.


Sobre a plataforma #Cultura EmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuito. Nos seis primeiros meses, registrou cerca de 2 milhões de visualizações e 1,5 mil conteúdos disponibilizados. O conteúdo é gerado pelas instituições culturais vinculadas à Secretaria, por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo.

OSPA LIVE

Quando: 28 de novembro de 2020, às 17h

Onde: Ao vivo, pelo canal do YouTube da OSPA, e pela plataforma #CulturaEmCasa

Acesso em bit.ly/ospalive31 


Programa:


Johann Sebastian Bach (1685-1750)
Abertura da Suíte Orquestral nº 3 BWV 1068

Arcangelo Corelli (1653-1713)
Concerto Grosso Op. 6 nº 8

I. Vivace – Grave. Arcate, sostenuto e come stà

II. Allegro

III. Adagio - Allegro - Adagio

IV. Vivace

V. Allegro - Largo. Pastorale ad libitum


Georg Muffat (1653-1704)
Armonico Tributo: Sonata nº 5

I. Allemanda

II. Adagio

III. Fuga

IV. Adagio

V. Passacaglia


Apresentação:


Orquestra de Câmara da OSPA

Diego Shuck Biasibetti (Regente ao Órgão - Baixo Contínuo)


Evandro Matté (Direção Artística)


crédito foto: Carol Chaves