Por Ana Guerra | 07/10/2019
Tags:

"PALIMPSESTO MÁGICO" MESCLA ARTE E PSICANÁLISE, COM OBRAS DE EGAS FRANCISCO

Com mais de 120 esboços pintados à tinta fluída, realizados em poucos minutos durante suas sessões de terapia com o psicanalista Isac Karniol, especialista referência no Brasil, Egas Francisco - artista brasileiro que completa 80 anos esse ano - traz à tona sua sensibilidade e sentimentos mais profundos na exposição Palimpsesto Mágico, que acontece entre 30 de setembro e 11 de outubro, na Joh Mabe Espaço Arte & Cultura, em São Paulo. Considerados documentos científicos, os trabalhos também trazem interpretações analíticas dos psicanalistas Isac e Patrícia Karniol, que lançam o livro Palimpsesto Mágico durante a mostra.

"Diferente da arte que me tornou conhecido, os esboços foram produzidos durante as sessões de terapia, embora nem sempre tivesse a ver com o que foi discutido. A intuição está acima de tudo, são trabalhos espontâneos, feitos de imediato. Em um encontro às vezes chegava a fazer 4 esboços”, conta Egas Francisco. Para ele, uma obra de arte pode ser vista sob duas perspectivas: a ótica da estética como obra de arte propriamente dita e como tradução dos sentimentos mais profundos de uma pessoa. "São muito interessantes, inteligentes e verdadeiras as análises feitas pelo Isac do ponto-de-vista terapêutico, que é bem diferente da análise estética”, complementa.

Para psicóloga e psicanalista Patrícia Karniol, o termo esboço, utilizado pelo artista, representa "a essência da obra, a ideia primitiva dos primeiros rabiscos feitos pelo inconsciente antes mesmo da consciência vir à tona. A exposição e o livro Palimpsesto Mágico mostram o processo da expressão do subjetivo e do inconsciente e o resultado de todo o trabalho da desconstrução e reconstrução do modelo mental”.

Além da mostra citada e do lançamento do livro, serão apresentadas 10 telas inéditas de grandes dimensões. “Apresentamos uma temática inusitada e inédita, que é a abordagem da arte e da psicanálise juntas. A obra de Egas é uma das mais intensas, intempestivas e emocionais da atualidade. A mostra leva arte, cultura e conhecimento para o público”, diz Ligia Testa, que assina a curadoria do evento.

O livro Palimpsesto Mágico de Isac e Patricia Karniol, que trazem as análises feitas em cima dos esboços de Egas, e algumas obras estarão à venda. Os psicanalistas reforçam o que motivou a idealização do evento “compartilhar o momento em que a criatividade-vida se inicia e se expressa através da arte”.

Palimpsesto Mágico

No Egito antigo a pintura e escrita eram feitas em papiros. Muitas vezes os rabiscos eram raspados e novas produções eram feitas constituindo os chamados palimpsestos. Imaginamos para traduzir o que ocorria na produção dos esboços de Egas a existência de um “palimpsesto mágico”, onde imagens raspadas eram rapidamente substituídas por outras; concomitantemente as primeiras retornavam, sem que as últimas desaparecessem. Aumentávamos para quase o infinito o número destas imagens em constante movimento, substituindo-se e retornando, acrescentando a influência de outras variáveis tão dinâmicas quanto como emoções, sentimentos, memórias, escolha de pincéis, movimento dos mesmos, tintas e cores, além do espectro da consciência.

Sobre Egas Francisco

Artista plástico, pintor, desenhista, cenógrafo e professor brasileiro reconhecido pelo mundo, principalmente no Brasil e Europa. Nasceu em São Paulo, na Vila Mariana, e mudou para Campinas aos sete anos, onde mora até hoje. Lecionou educação artística no Instituto D. Nery e, no Centro de Ciências, Letras e Artes, dirigiu o departamento de pintura, sendo o fundador do curso livre para engraxates e jornaleiros. Ministrou o curso Introdução à Arte Contemporânea no Senac, em 1979, e o curso Os Pintores Malditos, no Museu de Arte Contemporânea de Campinas, MACC, em 1981. Participou de diversas exposições, entre elas, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (Masp), da Bienal de Udine, Itália, tendo feito exposições na Europa, em importantes cidades como Stuttgart, Milão, Frankfurt Main e Amsterdã. Tem obras em importantes coleções particulares da Europa e da América e em acervos de museus e pinacotecas: Museu de Arte de Murcia (Espanha); Laboratório Degli Artisti (Udine, Itália); Pinacoteca Garcia Lorca (Granada, Espanha) e “Amigos Del Arco” (Madri, Espanha).

Sobre Isac Karniol

Médico, doutor em ciências, livre docente em psiquiatria e professor titular de psiquiatria pela FCM UNICAMP. Pós-doutorado com duração de 5 anos na Dinamarca e Inglaterra. Autor de mais de 100 trabalhos científicos, inclusive publicados em revistas científicas no exterior, além de autor de livros, tendo um dos trabalhos publicados considerado um ‘Seminal work’ --- é um dos artigos mais citados na literatura científica internacional. Recentemente foi premiado e homenageado como um dos psiquiatras de maior destaque no Brasil. Atualmente pesquisa, escreve atende em consultórios e é médico assistente do Hospital Vera Cruz de Campinas (SP). Idealizou e organizou diversas exposições com criações realizadas na relação analítica durante as sessões de terapia, um procedimento original e inédito, podendo ser considerados verdadeiros documentos psicanalíticos.

Sobre Patrícia Karniol

Psicóloga clínica, especialista em psicanálise pela Universidade de São Paulo (USP), membro filiado da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo – SBPSP, coordenou curso de disciplina de Arte terapia e Psicanálise no Centro à saúde de Campinas (SP) e é psicóloga assistente do Hospital Vera Cruz – Campinas. Já participou de exposições focadas em criações na relação analítica em sessões de terapia com pacientes e recebeu diversos prêmios, como o primeiro lugar no VI Concurso Nacional Arte de Viver 2015 e recentemente teve obras premiadas no VIII Prêmio Arthur Bispo do Rosário 2018.

cid:image001.png@01D57777.12A36790

cid:image002.png@01D57777.12A36790

Isac Karniol

Egas Francisco

SERVIÇO:

Exposição Palimpsesto Mágico

Local: Joh Mabe Espaço Arte & Cultura

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4225 – Jd. Paulista – São Paulo / SP

Visitação: 30/09 a 11/10/19 – Horários: Segunda a sexta (10h às 18h) e sábado (10h às 14h)

Entrada Gratuita