Por Ana Guerra | 04/12/2019
Tags:

VILA FLORES OFERECE MAIS DE 40 ATIVIDADES NO PRÓXIMO FINAL DE SEMANA

O Festival Simultaneidade é o evento que deu início ao Vila Flores e se consolidou como a bienal de artes do espaço. A cada edição, artistas locais de diversos campos e linguagens são convidados a ocupar o Vila, trazendo à tona discussões importantes em formato artístico. O evento é organizado de forma colaborativa e oferecido gratuitamente ao público, buscando democratizar o acesso à arte e à cultura em Porto Alegre.

— Em encontros como o Simultaneidade nos deparamos com a possibilidade de transformação, que nos permitem ser mais questionadores, ativos e conscientes. É por isso que fazemos o que fazemos. Queremos criar espaço para que diversas linguagens artísticas e diversas realidades possam se integrar — conta Antonia Wallig, gestora cultural do Vila Flores.

A programação de 2019 discute a arte como ferramenta de conscientização e transformação social. Serão dois dias de oficinas, rodas de conversa, cine debates, intervenções, shows e exposições. As atividades abrangem artes visuais, literatura, música, educação, sustentabilidade e patrimônio histórico. O evento fica aberto ao público das 10h às 22h, e possui entrada franca.

Para viabilizar a realização do projeto, está aberto um financiamento coletivo. As recompensas são produzidas pelos próprios residentes do espaço. Saiba mais em www.benfeitoria.com/simultaneidade2019.

Aquecimento para o IV Simultaneidade: Arte e Ativismo

O espaço promove uma intensa programação durante a semana que contempla peça de teatro, cine debate e shows de Ian Ramil e Jordana Henriques.

Na quinta-feira, a Sala Redenção realiza uma exibição do webdocumentário Vila Flores - Território e Memória, que conta a história do complexo arquitetônico e cultural, seguida de uma discussão acerca da importância do patrimônio. Para os amantes de teatro, o espetáculo Eminente34 acontece no mesmo dia, às 20h, e conduz o público por entre os espaços do Vila.

Já na sexta-feira, o pátio é ocupado pelos shows de Ian Ramil e Jordana Henriques. O evento marca a despedida de Derivacivilização - de Ian Ramil -, primeiro álbum gaúcho a ganhar um Grammy Latino, e representa a sétima edição do projeto Pátio Sonoro.

Durante sábado e domingo, o espaço estará com suas portas abertas no IV Simultaneidade: Arte e Ativismo. A programação completa pode ser encontrada no evento no Facebook bit.ly/vemprosimultaneidade  e em instagram.com/vilaflorespoa.

IV Simultaneidade: Arte e Ativismo
07 e 08 de dezembro, das 10h às 22h
Vila Flores | rua São Carlos, 753
Entrada gratuita

Exibição do documentário Vila Flores - Território e Memória
05 de dezembro, às 19h
Sala Redenção | av. Paulo Gama, 110
Entrada Gratuita

EMINENTE 34

05 de dezembro, às 20h

Vila Flores | rua São Carlos, 753

Ingresso: R$20 inteira | R$10 meia-entrada


Pátio Sonoro #7 com Ian Ramil e Jordana Henriques

06 de dezembro, às 18h

Vila Flores | rua São Carlos, 753

Ingresso: R$20 antecipado | bit.do/adeusderiva 

FOTO: Ana Skavinski